Tati Bernardi

Atualmente

Atualmente, estou fazendo algumas mudanças em minha vida. Caso você não ouça mais falar de mim, você provavelmente é uma delas.

Se não brilha mais

Se não brilha mais, não insista. Lâmpada queimada não se arruma. Se troca por outra.

Não quero que o tempo volte

Não quero que o tempo volte, nem que as lembranças magníficas já vividas se repitam. Só quero novas histórias, maiores e ainda melhores.

E é Assim Que a Gente Vai Vivendo...

E é Assim Que a Gente Vai Vivendo...

E é assim que a gente vai vivendo, sabe? Errando pra aprender. Se decepcionando pra se proteger. Se machucando pra crescer. Chorando pra sorrir. A gente cai uma vez, pra aprender a se levantar em outra. No fim, tudo que for bom, verdadeiro, tudo o que realmente nos fizer bem, permanece.

Só Que Aí Eu Acabei Mudando

Só Que Aí Eu Acabei Mudando

Só que aí eu acabei mudando. E foi mudança aos poucos, porque até hoje me dou conta de coisas minhas que já não estão mais lá e, quem roubou, eu jamais vou saber. O sorriso mudou e a vontade de sorrir pra qualquer pessoa também, graças a Deus. Foi por sorrir tanto de graça que eu paguei tão caro por todas as coisas que me aconteceram. Às vezes me pego olhando ao meu redor e vendo tanta menina parecida comigo. Tanto sentimento gritando de bocas caladas e escorrendo de peles secas. Tanta coisa acontece com a gente. Tanta gente passa pela gente, mas tão pouca gente realmente fica. E eu sei que, talvez, eu tivesse que ficar triste. Talvez eu tivesse que continuar secando lágrimas, abraçando o vento e rindo no vácuo, mas o fato é que eu não consigo. Eu não consigo mais ser triste só para mostrar que um dia eu fui - ou achei que tivesse sido - feliz. Aprendi com os meus próprios erros que sofrer não torna mais poético, chorar não deixa mais aliviado e implorar não traz ninguém de volta. Aprendi também que por mais que você queria muito alguém, ninguém vale tanto a pena a ponto de você deixar de se querer. Eu que gritei para tantas pessoas ficarem, hoje só quero mesmo é que elas sumam de uma vez por todas. E em silêncio, que é pra ninguém ter porque se lamentar.

Vou me enganar mais uma vez

Vou me enganar mais uma vez, fingindo que te amo às vezes, como se não te amasse sempre.

Vence quem passa por essa vida rindo

Vence quem passa por essa vida rindo. E se o preço que se paga por ser um pouco feliz é ser um pouco idiota, dane-se.

Eu não preciso de você nem para andar e nem para ser feliz

Eu não preciso de você nem para andar e nem para ser feliz, mas como seria bom andar e ser feliz ao seu lado.

E eu

E eu, finalmente, deixei de ter pena de mim por estar sem você e passei a ter pena de você por estar sem mim. Coitado.

Se antes de você aparecer eu já te amava

Se antes de você aparecer eu já te amava, já te esperava, já sabia que você existia... Como eu posso não te amar agora que você tem forma, sorriso, coração e nome?

Temos um problema geográfico

Temos um problema geográfico. Você quer abraçar o mundo e eu ficaria contente em abraçar você.

E a gente vai por aí

E a gente vai por aí, se completando assim meio torto mesmo. E Deus escrevendo certo pelas nossas linhas que, se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado.